"Benefícios do inverno para a pele: Saiba quais são eles"

Reportagem por Julia Moares, do site Vitat


A estação mais fria do ano é conhecida pelas temperaturas baixas e por aumentar a prevalência de doenças como gripes, resfriados, sinusite, rinite, pneumonia, entre outras. A pele também não fica de fora, e durante o inverno, é comum ocorrer o ressecamento.

No entanto, o que muitos não sabem é que o período também traz benefícios para a cútis.

“A pele fica menos exposta ao sol, diminuindo o surgimento de manchas. Por esse motivo, é a melhor estação para realizarmos procedimentos e tratamentos estéticos, principalmente lasers e peelings” explica a Dra Thais Zolini, dermatologista.


Além disso, a pele e o corpo, no geral, tende a inchar menos no frio. Segundo a dermatologista, isso ocorre por conta da vasoconstrição, ou seja, os vasos sanguíneos ficam contraídos. Consequentemente, a pele recebe menos sangue, reduzindo o inchaço e a vermelhidão. Principalmente para quem está de home office, o inverno é uma ótima maneira de passar mais tempo em casa. Assim, é possível cuidar ainda mais da pele.



Cuidados com a pele no inverno

Na época mais fria do ano, a pele tende a ficar mais ressecada devido às baixas temperaturas e ao ar menos úmido, por isso, é necessário caprichar nos hidratantes.


Veja, abaixo, dicas da Dra Thais Zolini para cuidar da pele no inverno:

  • Evite banhos quentes e demorados e não use buchas, pois ambos contribuem para diminuir a camada de proteção da pele;

  • Aplique hidratante no corpo e no rosto logo após sair do banho — isso ajuda na maior penetração do creme;

  • Lembre de hidratar os lábios;

  • Capriche na ingestão de água;

  • Opte por uma alimentação rica em vitaminas e antioxidantes;

  • Use protetor solar diariamente.

Fonte: Dra Thais Zolini, dermatologista formada pela Unicamp, com atendimento na clínica Surgical Medicina Integrada. CRM-SP 176134 / RQE 86784.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo